Quando a diabete explode

22:11 Nathalia Russo 0 Comments

Diabete¹: Diabetes mellitus é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal da glicose ou açúcar no sangue.
Diabete²: Ato de adocicar a cantada ou flerte fazendo com que fique tão artificialmente e altamente romântico que vira um melado difícil de suportar. 


                                                         
Estava eu quebrando a minha dieta do passafome* indo à uma lanchonetezinha qualquer, quando um casal senta na mesa ao lado. Um rapaz muito bonito, moreno, alto, corpo maneiro, olhos castanhos claros, e uma Jovemtola* ao lado, moreninha, cabelo desarrumado preso com uma piranha que provavelmente a cabeleireira esqueceu na cabeça dela ( ou desistiu de tentar tirar ) com uma roupa bem menos do que o corpo dela suporta, óculos de práástico ( dentro da lanchonete!! o.O )  e “Ns” adjetivos legaizinhos.
A moça tava com um cara de quem comeu e não gostou, de assustar qualquer aronexa deprimida, e eu não estava compreendendo o porque, passei a pensar que o JovemBonitão era brother** dela, só assim para se sentir mal ao lado dele.
As mesas eram tãããooo perto uma das outras que não tinha como não ouvir a conversa alheia.
Ainda bem que eu estava comendo algo salgado, pra agüentar TANTOO Doce que aquele cara tava falando para a Jovemtola, só mesmo com falta de açúcar no sangue.
Seiqueéfeio* masss.. boralá contar . xDD*
“Os seus problemas,são os meus problemas, eu quero sua vida na minha, ver você acordando todos os dias, porque você não acredita no que eu te digo? ( Opáá , compreendi a cara de malcomida* dela, ela não acreditava no pobre rapaz )
Eu criei metas para a minha vida, estudo, trabalho, e sempre busco alcançar alem daquilo que eu sonhei, não quero ver você desperdiçando sua vida de forma injusta ao que você merece . (Minha pequena mente inocente acha que a jovemtola era “religiosa” [ um termo mais bonito que meu pai inventou para a minha irmã mais nova compreender essas mulheres que trabalham com o corpo nas esquinas] )
Só sei que tava difícil tanto pra mim, quanto pra religiosa engolir a comida de tanto que esse cara azucrinou no “noossoo” ouvido.
Nisso, parei pra refletir!! O cara só faltava chorar pra moça sorrir pra ele ! será que era flerte?? Será que era verdade o que ele tava falando?
Vou deixar vocês refletindo também, eu sai de lá e eles não tinham entrado em acordo nenhum ( apesar dela não ter tempo pra abrir a boca pra falar, parecia que não comia há dias, isso só facilitou pro jovembonitão desensbestar a falar )
Sósei** que minha diabete quase explodiiiiuuu!!! Nééé Coléééga , vamos combina. Quem gosta de mel é abelha!