Praticando o Minimalismo

13:26 Nathalia Russo 0 Comments




Eu sou apaixonada pelo blog vida minimalista. Hoje, sem nenhum trabalho pra fazer, e com algumas partes da casa ainda à espera pra ser arrumada, me senti totalmente desmotivada em pegar meu tempo e usar para tais finalidades. Sentei na frente do PC e virei rolando a barra do facebook enchendo minha mente de porcaria e pensamentos negativos de pessoas maldosas que estão alojadas nos meus amigos, e que eu mal as conheço, fechei a pagina e abri o Blog da Camile, fui até o primeiro post e comecei lá a ver quais os passos que ela teve para conseguir alcançar uma vida leve e tranqüila sem deixar de ser produtiva e criativa.

Ela começou pelo guarda-roupa, desapegando roupas que não usava mais. Porem eu tenho uma enorme dificuldade de lidar com esse assunto quando se trata ainda mais das minhas coisas, depois que eu casei dificilmente parei em uma loja para comprar uma peça de roupa, sempre me preocupo com o orçamento da casa e acabo evitando desperdiçar nas lojas. Pensei até em pular essa etapa, quando olhei por de trás da minha cadeira do escritório vi uma pilha de roupas  no qual preciso passar e separar que meu marido retirou do varal ontem e colocou aqui no escritório sobre meu sofá de paletes. Ai veio minha motivação, eu ODEIO passar roupa, toma muito tempo mesmo usando aquele vaporizador que me queima a mão, e são roupas bem velhas, nem dá pra sair, a maioria dessas roupas que estão a minha espera eu usei pra ficar em casa, eu não preciso de tanta roupa assim pra apenas ficar fazendo faxina.

Nos mudamos recentemente e eu prometi a mim que ia começar a ter uma vida melhor sem hábitos prejudiciais, e vou fazê-lo, começando por essa parte. O guarda-roupa novo é maior que o antigo, mas mesmo assim ele ficou atolado de roupas, a maior parte delas é do meu marido, que por sorte ganha muitas peças da mãe dele que mora na capital e sempre que vai no Brás acaba comprando algo e mandando pelos correios, nessa parte eu não vou poder mexer, são roupas dele. Já as minhas, como eu estou há muito tempo sem comprar nada não posso simplesmente ir jogando elas para o alto, vou avaliar com muita calma o que eu posso usar, e como estou em processo de emagrecimento, vou deixar algumas para usar como meta.

Comecei abrindo o guarda-roupa e retirando as roupas que eu não uso por não gostar mais. As peças mais caras eu fotografei e vou vender por um preço simbólico no grupo que faço parte no face. Depois passei para os vestidos, me aperta o coração me desfazer dos meus vestido, eu não uso com muita freqüência, prefiro shorts e calça, mas eu adoro ter essas peças. Vasculhando me deparo com um sombrio e longo vestido preto da época de escola, onde eu fazia cover do Evanescence, mandei fazer igual ao da cantora, só que é uma peça que não dá pra usar nem no hallowen, peguei do cabide, dei um abraço forte e apertado, estendi novamente , fotografei e pronto... são boas lembranças que tenho desse vestido, mas eu usei quando tinha 15 anos, apesar de ainda entrar em mim não é algo que eu vá usar de novo ! hahaha

Pronto, a parte das minhas roupas eu já tirei do guarda-roupa, vou passar, dobrar, e guardar em uma sacola, já coloquei as que vou vender no face, separar e esperar as compradoras. Vamos partir para a cômoda. Retirei também várias camisetas velhas e outras que não me serve, junto com shorts que eu só não dei por falta de outros que não tenho, mas que também não uso


Resumindo essas horas que passei alternando entre PC ( trabalhando ) e arrumando as roupas. Faturei 130,00 reais só hoje com essa arrumação, me livre de coisas que não usava, abri espaço no meu guarda-roupa e achei coisas perdidas. Mas ainda tem muita coisa pra terminar de colocar no lugar.